As obras aqui publicadas podem não ser inteiramente ficcionais, podendo corresponder ao comportamento ou opinião pessoal de seus autores. Qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais será mera coincidência?

quarta-feira, 2 de julho de 2008

Paradigma dos macacos

Depois que recebi esta apresentação...
Respondi ao colega...
É isso mesmo.
Nossas ações, por uma questão de economia, tendem a se tornar automáticas.
Veja as coisas que fazemos no dia a dia como escovar os dentes, dirigir, andar de bicicleta, etc. Nosso cérebro desenvolveu esta estratégia para permitir absorver novos conhecimentos. Aqueles que já dominamos, repetimos de forma autômata. É mais cômodo.
Uma ideologia ou um paradigma nos leva, obrigatoriamente à esta condição.
É aí que reside o perigo de nos deixarmos guiar por aqueles que não aquietam a mente. Nem sempre suas intenções são as melhores. Podem até ser mas, esperar que outro decida o que é melhor pra mim, não é o mais sensato.
Mas a massa humana, ao longo da história, sempre buscou alguém para "salvar-lhes", alguém para seguir, indicando-lhes o caminho.
Parecem meio perdidas, precisando serem salvas de si próprias.
Valeu velhão.
--
José Lamartine Neto
----------------------------------------------
visite...
----------------------------------------------
"Todos nós nascemos originais e morremos cópias." (Carl Gustav Jung)

Nenhum comentário: