As obras aqui publicadas podem não ser inteiramente ficcionais, podendo corresponder ao comportamento ou opinião pessoal de seus autores. Qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais será mera coincidência?

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

A revista Veja e a militancia de esquerda nas escolas

Pois é. Uma colega postou esta foto no facebook. Ela é sociologa e parece não concordar muito com o comentário feito pela revista. O L.S. nitidamente detesta mas pode-se ver pelo comentário emocional que não entende do que está falando.



L.S. - Eu não sei nem expressar meu nojo por essa revista. Na real, melhor não expressar, senão vou estar fazendo pregação ideológica de esquerda por ter tido sociologia e filosofia no colégio.
José Lamartine Neto - Quem conhece as razões que levaram ao contra-golpe de 1964 e o que vem acontecendo na sociedade brasileira desde então, acaba vendo esta publicação como, provavelmente uma das únicas a colocar um periscópio para fora deste mar de ideologias esquerdistas que assolam o país. Como crianças mimadas, quando não fazem a vontade ou não recebem dengo, ou ouvem o que querem, fazem beicinho, característica que quem ainda está submerso, que não tolera a democracia (convivência dos opostos).
C.A.S. (outro sociólogo) - O que quer dizer periscópio para fora?
José Lamartine Neto - Oi C.A.S., o periscópio tem como principal serventia mostrar que nem tudo é mar, onde o senso de orientação está limitado dependendo de sonares, ou seja, interpreta-se algo pela interpretação da realidade que está la fora.
Com o periscópio é possível enxergar o sol, o céu e as estrelas. Desta forma, o periscópio é como outro paradigma. A revista Veja pode ser desprezível mas te digo, não é a única fonte de informação disponível que formam uma rede de periscópios.
É preciso renovar a oxigenação da tripulação, já que ninguém consegue viver com ar viciado em ambiente confinado.
-

Nenhum comentário: