As obras aqui publicadas podem não ser inteiramente ficcionais, podendo corresponder ao comportamento ou opinião pessoal de seus autores. Qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais será mera coincidência?

domingo, 17 de fevereiro de 2013

YOANI SÁNCHEZ, A DESINFORMATSIYA CUBANO-BRASILEIRA E A MÍDIA IDIOTA NACIONAL, por HEITOR DE PAOLA

YOANI SÁNCHEZ, A DESINFORMATSIYA CUBANO-BRASILEIRA E A MÍDIA IDIOTA NACIONAL

HEITOR DE PAOLA
17/02/2013

Anunciam para amanhã (18/02) a chegada ao Brasil, via Recife, da mais famosa blogueira cubana, tida como de oposição ao regime comunista, Yoani Sánchez.

Esta señorita é certamente o maior sucesso da desinformatsiya cubana e, como sempre acontece com os agentes de desinformação comunista, encanta os idiotas úteis de todo o mundo. É desnecessário re-escrever o que já publiquei anteriormente sobre esta mentirosa e falsa oposicionista cubana. Republico abaixo o artigo DE CUBA CON CARIÑO - UN REGALO DE LOS HERMANITOS CASTRO A LOS IDIOTAS ÚTILES DE BRASIL. Faz-se, no entanto, necessário comentar a montagem de mais uma manobra de desinformação para dar mais credibilidade à impostora: a invenção de uma vasta operação de espionagem sobre sua visita ao Brasil por parte dos serviços de informação de Cuba em conluio com o governo brasileiro. Divulgada pela Revista Veja, foi engolida a isca com anzol e tudo pelo ‘coleguinha’ blogueiro brasileiro, o famoso (?) Tio Rei (da cocada preta) Reinaldo Azevedo, supostamente muito bem informado (ver os textos Yoani a sujeira do governo cubano e de petistas e ESCÂNDALO, BAIXARIA E ILEGALIDADE).

É claro que existiu uma vasta operação que envolveu os dois governos comunistas, de Raúlzito e Dilmita, mas foi uma operação tipicamente comunista de desinformação exatamente para atrair a mídia nacional, e, via idiotas úteis como o acima mencionado, escandalizar a população. Dilma, Lula, os irmãos Castro e demais comunas devem estar rindo à socapa da imbecilidade da mídia nacional!

Vale lembrar que num documento do KGB chamado Manual do Diretório RT, desinformatsiya era definida como ‘a aberta apresentação ao inimigo de falsa informação ou materiais e documentos especialmente preparados com a finalidade de enganá-lo e induzi-lo a decisões e ações que correspondem aos interesses da URSS’ [[i]]. Antes o KGB e o GRU já haviam plantado com sucesso dezenas de falsas informações, das quais duas devem ser referidas aqui.

A primeira foi a criação de um grupo de resistência interna ao governo comunista chamado Trust, usado para desorientar os inimigos de fora e de dentro da URSS. Incluía vários ardis – falsos líderes de resistência, exércitos imaginários para confundir com a verdadeira e autêntica resistência que estava presa e sofrendo o diabo – até parece que Yoani é pura imitação cubana, pois os verdadeiros dissidentes cubanos ao invés de fazer compras em feiras maravilhosas às quais os cubanos não têm acesso (ver abaixo as fotos da Veja. deve ser nas áreas de acesso exclusivo dos membros do partido) ou beberem alegremente com os amigos, dormem sobre seus próprios excrementos nas masmorras.
 
O projeto WIN, desenvolvido na Polônia em 1941 era outro grupo ‘de oposição’ para ser visto pelo ocidente [[ii]].





Além do já citado artigo, forneço links para outros. Leiam a vejam se esta señorita merece a credibilidade que lhe está sendo dada pela mídia brasileira.
 
 



[i] Political Intelligence the Territory of USSR, Andropov Institute of the KGB, Moscou, 1989

[ii] WIN é a abreviatura para a frase em polonês Liberdade e Independência. Segundo o relatório para Moscou: ‘Desinformar o inimigo envolveu fornecer alguma informação autêntica (para estabelecer credibilidade) junto com puros engodos’ (Operação César, publicação do Partido Comunista Polonês, 1954)

 
-

Nenhum comentário: