As obras aqui publicadas podem não ser inteiramente ficcionais, podendo corresponder ao comportamento ou opinião pessoal de seus autores. Qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais será mera coincidência?

quinta-feira, 5 de julho de 2012

Dr. Lamartine Lima e os cangaceiros

quinta-feira, 8 de dezembro de 2011


Dr. Lamartine Lima e suas considerações sobre a matéria de Sérgio Dantas

Caro João de Souza Lima,

O nosso Sérgio Augusto de Souza Dantas mais uma vez nos dá provas de seus cuidados nas pesquisas que faz. Achei muito interessante as suas comparações e análises. Como você sabe, desde o ano de 1963 trabalhei com as cabeças de Lampião, Maria Bonita, Corisco (também o seu braço direito fraturado), Azulão, Maria de Azulão (ela teve outros apelidos), Zabelê e Canjica, e somente em duas delas encontrei fraturas cominutivas no crânio: em Lampião e em Zabelê. Quando, em 2001, exumei a cabeça de Lampião, já quase consumidas todas as partes moles pela hidrólise do carbonato de cálcio com o qual fora coberta em 1968, apareceram claramente os fragmentos das fraturas múltiplas e irregulares, que realmente comprometeram toda a estrutura do crânio, como refere Sérgio, o que comprova a ação de elementos contundentes e ainda podendo-se verificar sinais de perfuro-contusâo no lado direito da mandíbula e da base craniana fragmentada, compatível com lesão causada por tiro de fuzil, felizmente restando indene a parte do osso occipital onde estão as cristas cruciformes que formam a Torcular de Herófilo, sem a fosseta de Lombroso, o que prova aquele assassino contumaz não apresentar a famigerada marca do "criminoso nato", mais uma vez desacreditando a teoria do mestre italiano da Antropologia Criminal. Mestre Estácio de Lima, de quem fui Assistente durante muitos anos, fez com que os cangaceiros que estavam cumprindo sentença judicial na antiga Penitenciária do Engenho da Conceição, entre eles, parece-me, Volta Seca, Passarinho, Deus-te-guie, Balão, Saracura e Labareda (deste eu conheço o original do documento por ele firmado), vissem e declarassem se realmente aquela era ou não a cabeça de Lampião, e todos a reconheceram como sendo daquele seu chefe de bando.
Abraço atencioso do

Lamartine Lima

Um comentário:

  1. Para entender melhor quem é Dr. LAMARTINE DE ANDRADE LIMA

    Nasceu em Maceió, no dia 29 de outubro de 1942.
    Em 1955, mudou-se para Salvador, onde realizou o curso secundário, no Colégio Central da Bahia.
    Em 1963, ingressou na Faculdade de Medicina da Universidade Federal da Bahia, pela qual foi diplomado em 1968.
    Concluído o curso médico, prestou concurso para o Corpo de Saúde da Marinha do Brasil e realizou brilhante carreira de médico militar por trinta anos consecutivos.
    Fez Residência Médica no Hospital Central da Marinha, no Rio de Janeiro, onde desenvolveu sua dissertação de mestrado e tese de doutorado, bem como o Curso Superior da Escola Naval.
    È membro atuante de diversas instituições científicas, históricas, literárias, artísticas e beneficentes e grande conhecedor do cangaço, tema sobre o qual realizou pesquisas criteriosas e inéditas.
    Em atenção aos valiosos serviços, a Assembléia Legislativa o agraciou com o título de Cidadão Baiano.
    Além de oficial superior da Marinha do Brasil, é o Lamartine de Andrade Lima Professor de Medicina Legal da Faculdade de Medicina da UFBA. E da Escola Baiana de Medicina e Saúde Pública, membro benemérito da Associação dos Médicos Legistas do Estado da Bahia, Perito Médico Legista do Instituto Nina Rodrigues, sócio fundador da Sociedade Brasileira de Direito Médico, Presidente da Academia de Letras e Artes de Salvador, Presidente Emérito do Instituto Baiano de História da Medicina e Ciências Afins, membro efetivo do Instituto Genealógico e Histórico da Bahia e do Conselho de Curadores da Fundação Pierre Verger, Conselheiro da Sociedade dos Amigos da Cultura Afro-brasileira, ex-vice-Presidente Regional da Sociedade Brasileira de Medicina Legal, ex-membro do Conselho Penitenciário da Bahia, ex-Vice-Presidente do Centro de Estudos Etnológicos da Bahia e ex-Secretário Geral do Instituto Histórico e Geográfico da Bahia.
    Autor de valiosos trabalhos ensaios, conferências, palestras, artigos, prefácios, apresentações científicas e culturais, é Lamartine de Almeida Andrade uma das figuras mais destacadas da atual geração de médicos baianos.


    ============================================================

    PROF. DR. LAMARTINE DE ANDRADE LIMA


    Oficial Superior Médico da Marinha do Brasil (ref.), Curso Superior da Escola de Guerra Naval, Medalha do Mérito "Tamandaré", Medalha Militar de Prata, Medalha de Ouro do Memorial da Medicina Brasileira, Professor Honorário da Faculdade de Medicina da Bahia da Universidade Federal da Bahia, Professor-Assistente de Medicina Legal da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública (lic.), Assistente Voluntário de Medicina Legal da Universidade Federal da Bahia, Perito Médico-Legal do Instituto “Nina Rodrigues” (apos.), Presidente Emérito do Instituto Baiano de História da Medicina e Ciências Afins, Primeiro Prêmio da Sociedade Brasileira de Médicos Escritores (1982), ex-presidente da Academia de Letras e Artes do Salvador, Membro correspondente da Academia Rio-pretense de Letras, Artes e Cultura (SP), Membro correspondente da Academia de Letras e Artes de Gravatá (PE), ex-presidente da Fundação “Estácio de Lima”, ex-Vice-Presidente Regional da Sociedade Brasileira de Medicina Legal, ex-Vice-Presidente do Centro de Estudos Etnológicos da Bahia, ex-Secretário-Geral do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia, Sócio-fundador da Sociedade Brasileira de Direito Médico, Sócio efetivo do Instituto Genealógico da Bahia, Membro Benemérito da Associação dos Médicos Legistas do Estado da Bahia, Membro-fundador do Grupo de Ação Cultural da Bahia, ex-Membro do Conselho Penitenciário do Estado da Bahia, Membro do Definitório e do Conselho de Cultura da Santa Casa de Misericórdia da Bahia, Membro do Conselho de Curadores da Fundação Pierre Verger, Conselheiro da Sociedade dos Amigos da Cultura Afro-brasileira.


http://medicosilustresdabahia.blogspot.com.br/2011/05/41-avulso-biografia-lamartine-de.html

Nenhum comentário: