As obras aqui publicadas podem não ser inteiramente ficcionais, podendo corresponder ao comportamento ou opinião pessoal de seus autores. Qualquer semelhança com pessoas ou fatos reais será mera coincidência?

segunda-feira, 4 de novembro de 2013

Mais obrigações do que direitos




Fui estudante da ETFBa a exatos 34 anos. 

O Grêmio estudantil estava fechado pelo estado e foi reaberto graças a luta de muitos colegas. 

O fruto foi plantado e está sendo colhido pelas novas gerações de estudantes. 

As condições daquela época eram bem diferentes das de hoje. 

Tínhamos infinitamente muito mais obrigações do que direitos e, ...quer saber do melhor, ...sobrevivemos. 

"A cada um o fruto do seu esforço" foi substituído por "a cada um segundo o seu desejo"

As novas gerações, movidas pelos exemplos de busca de direitos, caminha como carro desgovernado na conquista de mais e mais. Dá a impressão de que, hoje, de tão amparados, de se colocarem de forma tão especial, de parecem com seres frágeis, parece que por qualquer coisa irão quebrar. Na prática podem se tornar muito violentos (as vezes até agressivos).

Efetivamente acho que faltam algumas palmadas em alguns deles para acabar com tanto melindre.

Me pergunto, foi para isso que fizemos tudo aquilo??




Nenhum comentário: